O cérebro de Deus

Graças a uma parceria com a Roland somos capazes de realizar as peripécias audiovisuais do espetáculo. Eles nos cederam dois equipamentos de primeira:

V8 – é um mixer de video, ou seja, ele administra oito canais de imagens (nós usamos quatro no espetáculo), mixando-as com várias possibilidades de efeitos, como colorização, multiplicação, fades, fusões, e um cromakey que realizamos ao vivo em cena, projetando uma imagem ao vivo da personagem da Maria Ribeiro com um fundo fake que simula o programa que ELA apresentava quando era mais jovem.

P-10 – é um sampler de vídeo, ou seja, um disparador de vídeos com alguns efeitos interessantes também, como a possibilidade de alterar o tempo do video, de loopear um video, e um efeito que eu demorei pra conseguir encontrar mas que estava descrito no próprio texto da peça: eu tinha que dar um pause na imagem da atriz que estava sendo veiculada ao vivo por uma câmera do palco. A solução foi conectar essa câmera ao P-10 (ele tem uma entrada pra fonte externa, que pode ser uma câmera ou um outro aparelho, como um dvd player ou até mesmo um computador), deixar projetando a imagem ao vivo e tirar uma foto com o P-10 (sim, ele faz fotos e vídeos do que está sendo veiculado através dessa fonte externa). Depois ainda eu tiro uma chinfra e colorizo a imagem dela com o V8, fica super bonito.

Marcos Damigo

Anúncios